Newsletter subscribe



Notícias

Concurso premiará ideias inovadoras no Brasil

Posted: 17 de junho de 2020 às 6:47 pm   /   by   /   comments (0)

A oitava edição do evento alemão Falling FAlls Lab no Brasil será virtual e as inscrição vão até 31 de julho. Vencedor(a) classifica-se para etapa mundial e poderá chegar à final em novembro.

O Falling Walls Lab (FWL), concurso global que promove ideias transformadoras, abre inscrições para a etapa brasileira. Estudantes, pesquisadores, profissionais e empreendedores dos diversos campos de conhecimento têm até 31 de julho para se inscrever no Falling Walls Lab Brazil 2020. O vencedor da etapa, que será conhecido em 17 de setembro, se classificará para a fase mundial com mais 99 candidatos de todo o mundo. Dez serão selecionados para a grande final, este ano denominada Falling Walls Remote 2020 – Breakthoughs of the Year, na categoria Emerging Talents, em 9 de novembro. A etapa brasileira oferece ainda três prêmios adicionais, descritos mais adiante.

O FWL Brazil 2020 tem a organização do Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH São Paulo), em parceria com a Falling Walls Foundation, o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), o Ministério Federal das Relações Externas da Alemanha, a Euraxess Brazil e a agência Inova Unicamp

“O concurso busca revelar jovens com propostas capazes de transformar a vida das pessoas e impactar positivamente o mundo. Acredito que este momento de pandemia seja promissor para o surgimento de novas ideias”, afirma Marcio Weichert, coordenador do DWIH São Paulo.

Este ano, dado o contexto de isolamento social devido à covid-19, todas as etapas do evento serão em ambiente virtual. Para participar, basta ter uma ideia, pesquisa ou um projeto empreendedor, com potencial de solução para problemas reais. Nas últimas edições do FWL no Brasil, destacaram-se soluções para mitigar problemas ambientais, bem como inovações nas áreas de saúde, comunicação e inclusão social.

A inscrição deve ser feita on-line em https://falling-walls.com/lab/apply/brazil-online-lab/, seguindo as orientações descritas na plataforma até o dia 31 de julho.

Como será a etapa brasileira?

Dos inscritos, uma comissão de especialistas selecionará aproximadamente 15 candidatos para a etapa brasileira. Cada candidato terá apenas três minutos e quatro slides para promover seu pitch elevator, uma síntese da proposta, em inglês.

Como neste ano o evento será digital, o pitch deverá ser previamente gravado em vídeo. A Inova Unicamp, agência de inovação da Universidade Estadual de Campinas, oferecerá um webinar e consultoria individual para os candidatos prepararem e gravarem os pitches.

Após a exibição do vídeo pitch no evento on-line em 17 de setembro, o(a) candidato(a) terá ainda um minuto para responder, ao vivo, a eventuais perguntas do júri, formado por especialistas da academia, da imprensa, do empresariado e do ecossistema de empreendedorismo e inovação.

Prêmios adicionais da etapa brasileira

O(A) vencedor(a) do prêmio oficial do FWL Brazil 2020 contará com apoio profissional para gravar um novo vídeo, com o qual disputará a fase global. Os vídeos dos 100 participantes desta etapa serão publicados em uma plataforma on-line e, assim, divulgados em todo o mundo pela Fundação Falling Walls e seus parceiros. Uma comissão internacional de alto nível selecionará 10 finalistas para a última fase do concurso. Nesta, os candidatos terão de se apresentar ao vivo, on-line, para um júri internacional formado por pessoas influentes do mundo científico, de negócios e da política.

A etapa brasileira distribuirá, pela segunda vez, mais três prêmios. O júri brasileiro poderá distinguir um dos candidatos com o Prêmio DAAD de Empreendorismo, que dará direito à participação na segunda Innovation Week, um programa sobre inovação e empreendedorismo aplicado por universidades alemãs e organizado pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD). Também devido à pandemia de covid-19, este evento acontecerá em ambiente virtual este ano, mas o DAAD convidará, no mínimo, um dos participantes de maior destaque da Innovation Week 2020 para uma viagem à Alemanha em 2021, caso a pandemia permita.

“A iniciativa visa estimular e capacitar os participantes para concretizarem suas ideias transformadoras em atividade econômica. Quem sabe, até mesmo com a fundação de uma startup na Alemanha?”, comenta Jochen Hellmann, diretor do DAAD no Brasil e do DWIH São Paulo.

O segundo prêmio adicional será concedido pelo público, por votação on-line das pessoas que estiverem acompanhando o concurso brasileiro em 17 de setembro. A Euraxess Brazil, uma organização da União Europeia, participa mais uma vez como parceira e irá oferecer novamente um terceiro prêmio extra, ainda a ser definido.

Como a final da etapa brasileira ocorrerá on-line, o DWIH São Paulo planeja realizar uma cerimônia presencial de premiação aos três primeiros colocados em um momento mais seguro ainda em 2020. Caso os três primeiros colocados, bem como o eleito pelo público e o do Prêmio DAAD de Empreendorismo, não residam em São Paulo, o Centro Alemão de Ciência e Inovação subsidiará as despesas de deslocamento à capital paulista ou a outro local de premiação.