Receba a Newsletter

Notícias

FADISP participa do maior evento jurídico do mundo

Publicado em: 6 de março de 2018 às 8:09 am   /   by   /   comments (0)

Entre os dias 27 e 30 de novembro de 2017 aconteceu em São Paulo, a XXIII Conferência Nacional da Advocacia Brasileira. A ocasião reuniu mais de 40 mil pessoas no Pavilhão de Exposições do Anhembi e consolidou-se como o maior evento jurídico do mundo. Abordando o assunto “Em defesa dos Direitos Fundamentais: Pilares da democracia, conquista da cidadania”, foram 40 painéis ao longo dos três dias, trazendo debates sobre variados temas como, por exemplo, Direitos Humanos, Reforma Política, a Participação da Mulher na Advocacia e na Política, Meio Ambiente, Corrupção, Cidadania e dezenas de outros assuntos relevantes para a advocacia brasileira e para a sociedade.

No dia 29 de novembro, o painel 38 abordou o tema “Família e Sucessões – Temas Polêmicos e Atuais” e contou com a presença da professora e diretora nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família, Giselda Hironaka, que foi convidada para falar sobre o “Repensando a função da legítima dos herdeiros necessários”. Ela apresentou um breve histórico sobre as origens da legítima dos herdeiros necessários para defender que seja reduzida a um montante menor, afirmando que as normas jurídicas precisam estar em constante evolução e atualização para acompanhar os novos anseios da sociedade. De acordo com a professora, o tema é muito importante porque é uma forma de fazer crescer a discussão no cenário jurídico brasileiro a respeito de dúvida se ainda é necessário que se reserve (ou não) do patrimônio daquele que deseja testar, 50% deste acervo, montante este que seria obrigatoriamente endereçado aos chamados “herdeiros necessários”, desde que o testador os tenha.

Desde a sua primeira edição, em 1958, a Conferência Nacional se tornou referência, não apenas para a advocacia, mas para toda a sociedade civil e todas as Instituições Políticas do Estado. Por isso a participação da FADISP, de acordo com a professora, é importantíssima, pois insere e grava o nome da Instituição entre as principais de ensino formadoras de novos profissionais para a área de Direito, demonstrando a preocupação constante com a atualização de seu jovem bacharel. “Por outra parte, há significativa relevância no fato de membros de seu corpo docente serem convidados para falar, para expor seus pontos de vista e para criar opinião, entre todos os demais da classe, num evento tão importante quanto significativo”, conclui Giselda.

Além da relevância em participar da Conferência, existe também a importância em incentivar os alunos e egressos a participarem de futuros eventos como este. “Por ser, efetivamente, momentos de superior aproveitamento, de vigorosa percepção do todo jurídico e social, e de indispensável aproximação do jovem estudante, do recém-bacharel, do advogado e do docente com a OAB e com a promoção de eventos mundialmente consagrados”, finaliza Giselda.