Já ou Ainda?

Marco Fabossi*

Certo dia, o macaco, representante dos animais, fez uma reunião para discutir quem seria o novo rei da floresta:

– Nós sabemos que o leão é o rei dos animais, mas existem três fortes leões, e por serem amigos, não querem lutar entre si. Quem, dentre eles, deverá ser o nosso rei?

Depois de muita discussão, eles tiveram uma excelente ideia. O macaco então se encontrou com os três felinos e contou a eles o que decidiram:

– Bem, senhores, encontramos uma solução desafiadora para o problema. A solução está na Montanha Difícil. Decidimos que os três deverão escalar a Montanha Difícil, que é a mais alta entre todas na floresta. O que atingir o pico em primeiro lugar será consagrado o nosso rei.

O desafio foi aceito e, no dia combinado, milhares de animais cercaram a Montanha Difícil para assistir a grande escalada.

O primeiro leão tentou. Não conseguiu.

O segundo leão tentou, e não conseguiu.

O terceiro tentou, e também não conseguiu.

Os animais estavam curiosos e impacientes, afinal, qual deles seria o rei, uma vez que os três haviam falhado? Nesse momento, a sábia águia pediu a palavra:

– Eu sei quem deve ser o rei.

Todos os animais silenciaram em grande expectativa.

– Mas, como você sabe? – perguntou o macaco.

– Eu estava voando entre eles, bem de perto e, enquanto eles voltavam para o vale, eu escutei o que cada um deles disse para a montanha.

O primeiro e o segundo leão disseram: “Montanha, você me venceu!”.

O terceiro leão repetiu as mesmas palavras, mas, com uma diferença. Ele olhou para a montanha e acrescentou:

– Montanha, você me venceu, por enquanto! Você atingiu o seu tamanho máximo, mas eu ainda estou crescendo, e logo voltarei para vencê-la.

Nas últimas três décadas, a professora de psicologia da Universidade de Stanford, Carol Dweck, tem conduzido pesquisas para buscar entender porque algumas pessoas realizam o seu potencial, enquanto outras igualmente talentosas, não conseguem. Ela queria compreender porque alguns tornam-se “Michael Phelps” e “Michael Jordan”, enquanto outros param de evoluir em determinado momento de suas vidas.

As pesquisas de Carol Dweck revelaram que a chave do sucesso não reside nos dons, talentos ou habilidades, mas em como cada pessoa lida com isso. Alguns, em determinado momento da vida, acreditam que já chegaram no limite e param de trabalhar em seu desenvolvimento; Dweck “batizou” este grupo de “pessoas com Modelo Mental Fixo”. Outros, contudo, ainda que sejam muito bons naquilo que fazem, continuam buscando aperfeiçoamento; aos que ela chamou de “pessoas com Modelo Mental de Crescimento”.

Pessoas com Modelo Mental Fixo fazem parte da turma do “Já”: Já sei. Já tentei, Já fiz o que era possível. Já tentei e não deu. Já cheguei no meu limite. Quando estiver frustrado, desistirei. Eu não gosto de ser desafiado. Quando eu falho, fracasso. Feedback é ruim. O seu sucesso me ameaça. Minhas habilidades determinam tudo. Eu não consigo.

Já aquelas com Modelo Mental de Crescimento são da turma do “Ainda”: Não consegui ainda, mas vou continuar me preparando. Eu posso aprender o que eu quiser, desde que me esforce. Quando estiver frustrado, vou perseverar. Eu preciso desafiar-me. Quando eu falho, aprendo. Feedback é fundamental para crescer. O seu sucesso me inspira. Meu esforço e atitude determinam tudo. Eu ainda não consegui.

Por isso líder, não se torne um expert em liderança, porque experts param de aprender. Lembre-se: não existem líderes perfeitos, mas tampouco existem líderes que não estejam em aperfeiçoamento, portanto, busque fazer parte da turma do “Ainda”, busque aprendizado constante, e adote o Modelo Mental de Crescimento. Busque melhorar um pouco a cada dia, porque quando você melhora, tudo ao seu redor melhora também.

Um Grande Abraço,

*Marco Fabossi, Sócio-diretor da Crescimentum – Alta Performance em Liderança, é Conferencista, Consultor, Coach Executivo e Coach de Equipe, com foco em Liderança e Coaching. Graduado pela FEI, com especialização e MBA pela Fundação Getúlio Vargas. Autor do Livro “Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach”. Criador e Mantenedor do Blog da Liderança www.blogdofabossi.com.br


Vídeo recomendado:

Como se vestir para uma entrevista de emprego?

A consultora de imagem e estilo Lilian Lopes fala sobre a importância de se vestir adequadamente para uma entrevista de emprego e dá dicas para homens e mulheres.