Não consigo pensar na carreira estando endividado

Marcelo Hancocsi*

Com tantas contas que pagamos todos os meses é comum encontrar alguém com problemas financeiros.

Se este é o seu caso, tenha certeza que você não é o único nessa situação. Levante a cabeça e olhe ao seu redor, de cada 10 colegas de trabalho 6 estão endividados.

Se já é difícil colocar a cabeça no travesseiro e dormir, com tantas dívidas e contas para pagar, como pensar na vida profissional?

Com suas contas organizadas e sabendo exatamente o que você pode e não pode comprar, e principalmente, quando você irá se livrar das suas dívidas, fica mais fácil pensar na carreira e focar no crescimento profissional.

A Palavra chave é: “planejamento”. Primeiro passo é organizar as contas: telefone, celular, conta de luz, aluguel, gás, água, condomínio, faculdade, prestação do carro, cartão de crédito, supermercado, enfim, temos que relacionar tudo que é consumido durante o mês e atribuir um valor aproximado para cada um dos gastos, mas não seja muito otimista nos valores, quanto mais eles se aproximarem da realidade, mais facilmente você vai se livrar das dívidas. Depois disso, é hora de calcular o quanto sobra do salário, abatidas todas as contas que devem ser pagas ao longo do mês. Agora, e somente depois disso, será possível “enxergar” o quanto dá para assumir de compromissos financeiros além das contas do mês. Estou falando do fluxo de caixa, que nada mais é do que o registro e controle das entradas e saídas de recursos.

Mas como montar um fluxo de caixa das suas contas pessoais?

Crie em uma folha, quatro colunas: data, descrição do gasto, valor e o totalizador que vou chamar de fluxo de caixa (uma planilha de cálculo nos ajuda muito).

fluxodecaixa1

Depois relacione todos as receitas e despesas, por ordem de data, ao longo do mês, totalizando os valores na coluna “Fluxo de Caixa”.

fluxodecaixa2

Dessa forma será possível ver exatamente quando o fluxo de caixa ira ficar negativo e quanto será necessário economizar para alcançar as metas.

Agora sim, com as finanças organizadas e controladas é possível “ter cabeça” pra pensar no desenvolvimento profissional. Planeje-se e sucesso!

*Marcelo Hancocsi possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade São Judas Tadeu e Especialização em Controladoria pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado. Atualmente é Professor do Centro Universitário Anhanguera nas disciplinas de Finanças, Finanças Corporativas, Matemática, Matemática Financeira, Estatística, Orçamento, Custos, Orçamento Empresarial e Administração Financeira e Orçamentária. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Finanças. Atuando principalmente nos seguintes temas: Planejamento Financeiro, Finanças Corporativas, Finanças Empresariais e Análises Financeiras. E também instrutor do Curso Online de Matemática Financeira com HP 12 C oferecido pelo Dicas Profissionais


Vídeo recomendado:

Administração do Tempo

Julio Amorim dá 4 dicas preciosas que irão te ajudar no gerenciamento de atividades e tornar seu vida profissionais mais produtiva.