Receba a Newsletter

Artigos

Pequenas felicidades

Publicado em: 7 de Abril de 2018 às 6:17 am   /   by   /   comments (0)

Patrícia Camargo*

O homem quer ser feliz. E como não somos iguais, cada um tem o seu conceito de felicidade. O que é muito importante para um, pode não ter importância alguma para outro. Enquanto para um o importante é o destino final, para outros o que conta é a trajetória, o caminho que se percorreu para chegar até ali. Mas dentro de todas as diferenças, sabemos que o que o homem quer é a felicidade.

Como cada um tem seu conceito, seus valores e suas experiências, é bem simples observarmos como a felicidade tem diferentes rostos. Mas o que me chama a atenção é uma coisa bem mais simples: as pequenas felicidades.

Às vezes queremos uma casa melhor e esquecemos de valorizar o quanto nossa casa atual é aconchegante.

Por muitas vezes desejamos mudar de emprego e nos esquecemos de como são importantes nossos colegas de trabalho, que fazem daquele lugar um lugar acolhedor.

Quando temos saúde, dificilmente nos lembrarmos de apreciá-la, pois ela não nos faz falta. Mas se nos deparamos com alguém doente, passando por alguma dificuldade, logo nos ocorre como somos privilegiados por nossa saúde, não só física, mas também mental e por que não espiritual?

Para alguns, pequenas felicidades são comidas deliciosas, feitas com todo o amor do mundo para pessoas queridas. Para outros, a pequena felicidade está num bom livro. Estar com os amigos num dia de lazer é para muitos uma grande felicidade, enquanto para outros dormir numa rede após o almoço é a melhor coisa do mundo.

Enquanto estamos em nossa trajetória, torço para nos lembrarmo-nos sempre das pequenas felicidades. E assim, podermos ser gratos por elas, por pequenos momentos que nos reabastecem de energia para seguirmos em frente.

Cultive suas pequenas felicidades no seu jardim imaginário. Não deixe de fazer o que gosta, o que lhe faz bem, o que te faz uma pessoa humana e sensível. De repente, você se verá alcançando uma grande felicidade. E ao conquistá-la, partirá logo em busca da próxima felicidade. Por quê? Porque este processo não tem fim.

*Patrícia Camargo é Coach Pessoal e Afetiva, autora do site www.coachafetiva.com.br, fundadora e curadora do Grupo de Estudos de Coaching & Desenvolvimento Pessoal de Sorocaba e coautora do livro “Coaching: grandes mestres ensinam como estabelecer e alcançar resultados extraordinários na sua vida pessoal e profissional”. Atua também como conciliadora da Justiça Federal desenvolvendo um trabalho de pacificação da sociedade. Contatos: e-mail: patricia.camargo@coachafetiva.com.br; telefone: (15) 9 9855-2277 e Facebook: www.facebook.com/Coaching.Afetivo