O autoconhecimento tem muito a ver com o seu bolso

Heloísa Capelas*

O fim de ano costuma trazer motivação extra para que as pessoas avaliem suas próprias vidas. Olhar para trás, ver os erros e acertos que se cometeu, relembrar as vitórias e as eventuais derrotas, tudo isso é mesmo um exercício extremamente importante para o nosso crescimento pessoal e profissional. Em 2016, no entanto, acredito que essa reflexão trará uma conclusão em comum para muita gente: quando o assunto é dinheiro, tudo poderia ter sido bem melhor (ou, pelo menos, diferente). A crise econômica pela qual o Brasil passa, é claro, sustenta a minha afirmação. Mas não podemos dizer que esse fator é o único responsável por todas as dificuldades financeiras. Sabe, nessas mais de três décadas em que atuo como especialista em desenvolvimento humano tive a oportunidade de constatar quão notória é a diferença entre pessoas prósperas e pessoas que passam a vida sem alcançar sucesso nessa área.

O primeiro grupo tem uma relação muito mais positiva com o dinheiro e com aquilo que traz dinheiro; na realidade, na vida desses indivíduos, a prosperidade se manifesta de todas as formas possíveis. Já o segundo grupo, via de regra, acredita que ganhar dinheiro é difícil, que é preciso imenso esforço para tê-lo, que ter dinheiro é sinônimo de arrogância ou prepotência, e que, em suma, nunca será capaz de enriquecer (e, afinal, quem gostaria de enriquecer diante de tantas objeções?). Mas, não se engane: esse segundo grupo não diz e nem sequer sabe disso claramente.

É algo inconsciente. As suas frases preferidas são: “eu trabalho muito, mas a recompensa nunca vem”; “quando melhoro de vida, algo de ruim acontece e volto para a estaca zero”; “se eu tivesse dinheiro, todos os meus problemas se resolveriam”. Daria para escrever um livro apenas com as frases limitantes que essas pessoas reproduzem sem nem mesmo perceber o poder do que estão dizendo!

Trabalhar essas crenças e paradigmas sobre o dinheiro proporciona uma abertura interna para as realizações e conquistas. Pensando nisso, eu e minha equipe vamos realizar mais uma turma do curso “Dinheiro e Vida”, nos dias 10 e 11 de dezembro, onde vamos mostrar os caminhos da prosperidade, conectando o bem-estar e o sucesso.

*Heloísa Capelas é considerada uma das maiores especialistas do país em Autoconhecimento e Inteligência Comportamental. Atua com desenvolvimento humano e aplica cursos com a metodologia Hoffman, considerada por Harvard um dos trabalhos mais eficazes de mudança de paradigmas. Conferencista nacional e internacional, é autora do livro “O Mapa da Felicidade” e coautora de mais cinco livros sobre Gestão de Pessoas, Coaching e Inteligência feminina. Diretora do Centro Hoffman, é Coach, Master Practitioner em PNL, Pós-Graduada em RH e Graduada em Assistência Social. Para falar com a especialista, escreva para heloisa@centrohoffman.com.br. Visite também: www.centrohoffman.com.br e www.heloisacapelas.com.br.


Vídeo recomendado:

Administração do Tempo

Julio Amorim dá 4 dicas preciosas que irão te ajudar no gerenciamento de atividades e tornar seu vida profissionais mais produtiva.